Atendendo ao chamado para promover a liberdade religiosa

Departamento de Estado dos Estados Unidos
Gabinete do porta-voz
Comunicado à imprensa

Secretário de Estado, Michael R. Pompeo

Em seu discurso durante o evento Apelo global em proteção à liberdade religiosa, em setembro de 2019, o presidente Trump disse: “Hoje, com uma voz clara, os Estados Unidos da América exortam as nações do mundo a pôr fim à perseguição religiosa, acabar com os crimes contra as pessoas de fé, libertar os prisioneiros de consciência, revogar as leis que restringem a liberdade de religião e crença, proteger os vulneráveis, os indefesos e os oprimidos.”

Hoje, parceiros de todo o mundo estão atendendo ao chamado para proteger e promover a liberdade religiosa.

Em 5 de fevereiro, Albânia, Áustria, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Bulgária, Colômbia, Croácia, República Tcheca, Estônia, Gâmbia, Geórgia, Grécia, Hungria, Israel, Kosovo, Letônia, Lituânia, Malta, Holanda, Polônia, Senegal , Eslováquia, Eslovênia, Togo, Ucrânia e Reino Unido, juntaram-se aos Estados Unidos para criar a primeira Aliança Internacional pela Liberdade Religiosa do gênero. Juntos, nos comprometemos a apoiar a Declaração de princípios, solidificando nosso compromisso coletivo de contestar e combater, pública e privadamente, todos os abusos e violações da liberdade religiosa.

A formação da Aliança marca a primeira vez na história que uma coalizão internacional se reúne, em nível de liderança nacional, para abordar a questão da liberdade religiosa em todo o mundo. Há muito que perpetradores de perseguição religiosa operam impunemente. A Aliança unificará nações poderosas e alavancará seus recursos para impedir as ações dos malfeitores e defender os perseguidos, indefesos e vulneráveis. As ameaças à liberdade religiosa são globais. Elas requerem participação integral e soluções globais.

A Aliança está fundamentada na Declaração Universal dos Direitos Humanos, dedicada a defender o direito de todo ser humano à liberdade de crença, ao direito de mudar de crença ou não ter crença, segundo a sua vontade.

Todos têm uma função a desempenhar na luta para promover a liberdade religiosa. Juntos, com um objetivo comum e uma visão clara, podemos garantir que as futuras gerações ao redor do mundo desfrutem de um mundo onde a liberdade religiosa seja protegida e avançada.

Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.