Delegação dos EUA promove parceria comercial na área de Defesa durante Feira LAAD no Rio de Janeiro

Brasil e EUA reafirmaram o compromisso de estabelecer uma cooperação de defesa comercial mais estreita

Rio de Janeiro, 5 de abril de 2017 – Os Estados Unidos estão empenhados em aprofundar a parceria da indústria de defesa americana com a do Brasil. Como parte deste esforço, uma delegação de alto nível dos Departamentos de Defesa, Estado e Comércio, liderada pelo embaixador dos EUA no Brasil P. Michael McKinley, participou da Feira Internacional de Defesa e Segurança (LAAD) – a maior feira dedicada às forças armadas e às indústrias de defesa da América Latina. O evento, realizado de 4 a 7 de abril, reuniu delegações de mais de 90 países no Rio de Janeiro.

A participação da delegação dos EUA no evento confirmou a sólida parceria que existe entre as Forças Armadas do Brasil e dos EUA, como por exemplo, a recente assinatura do Convênio para Intercâmbio de Informações em Pesquisa e Desenvolvimento (MIEA), que permitirá ampliar a colaboração em pesquisa e desenvolvimento de novos e inovadores projetos na área tecnológica.

Antes do início do evento, a delegação americana se reuniu com os membros do Diálogo da Indústria da Defesa Brasil-EUA para analisar o progresso desde a reunião inaugural em Brasília, em setembro de 2016, e programar a próxima reunião, no outono de 2017, em Washington.  Durante esse encontro, ambos os governos reafirmaram o compromisso de estabelecer uma cooperação de defesa comercial mais estreita. O embaixador McKinley falou sobre a importância do Diálogo “é uma oportunidade de integrar melhor a indústria em nossa forte relação de defesa já existente, identificar oportunidades para parcerias concretas, eliminar obstáculos e incentivar o comércio e o investimento”.

Durante a feira LAAD, a delegação visitou vários dos mais de 40 expositores dos EUA, presenciou à assinatura do acordo de parceria entre a empresa americana Rockwell-Collins e a brasileira Embraer/Savis e participou de um painel organizado pela Boeing sobre “Mulheres em Defesa e Aviação”.  Eles também participaram de um fórum sobre como fazer negócios com o setor de defesa dos EUA e as melhores práticas para uma parceria.

Membros da delegação: O embaixador McKinley e o cônsul geral do Rio de Janeiro James Story foram acompanhados por especialistas do escritório de Política de Controle do Comércio de Defesa do Departamento de Estado. Do Departamento de Defesa dos EUA: o vice-comandante tenente-general Joseph DiSalvo. Do Comando Oficial do Sul dos EUA: a subsecretária adjunta do Exército para Defesa da Exportação e Cooperação, Ann Cataldo, o diretor de Engajamentos Internacionais do gabinete do Chefe de Operações Navais, o almirante Todd Squire, o comandante geral adjunto do Comando de Assistência de Segurança do Exército dos EUA, Robert L. Moore, o diretor de Negócios Regional da Divisão do Atlântico Sul do Corpo de Engenheiros do Exército dos EUA, Dr. Larry McAllister, o vice-comandante do 12º Comando do Força Aérea para as Forças Aéreas do Sul, Coronel Jay Bickley,  a diretora para o Brasil e Paraguai do Gabinete do Secretário de Defesa, Sarah Mineiro. Do Departamento de Comércio dos EUA: o vice-secretário adjunto de Comércio para o Hemisfério Ocidental, John Anderson e representantes técnicos da Agência de Segurança Industrial.