Sobre o programa

Jovens Embaixadores de 2015 (Foto: Embaixada dos EUA)

Criado em 2002, o programa tem como alvo estudantes brasileiros do ensino médio na rede pública que se destacam em sua comunidade pela atitude positiva, bom desempenho acadêmico, conhecimento da língua inglesa, capacidade de liderança e espírito empreendedor.

O programa é bastante concorrido e recebe candidaturas de todo o Brasil. Em virtude da pandemia do COVID-19, excepcionalmente em 2021, alteramos a realização do intercâmbio nos EUA para julho.

NOTA DE ESCLARECIMENTO:  Uma vez que o mundo continua em alerta e com muitas restrições devido à pandemia do COVID-19, caso não seja possível realizarmos o intercâmbio nos Estados Unidos em julho de 2021, os selecionados serão convidados para participar de um intercâmbio em formato virtual bastante interativo e inovador.

Os selecionados viajam para um intercâmbio de curta duração nos Estados Unidos. Durante a primeira semana, conhecem a capital daquele país, participam de oficinas sobre liderança e empreendedorismo, visitam escolas, projetos de empreendedorismo social e se reúnem com representantes do governo norte-americano.

Após a semana em Washington, os participantes viajam para outra cidade (a definir), onde participam de atividades relacionadas ao tema do programa, visitam projetos de empreendedorismo jovem, fazem apresentações sobre o Brasil e fortalecem seu perfil de liderança.

A experiência de ser um Jovem Embaixador oferece a esses excepcionais estudantes a oportunidade de expandir os seus horizontes, ao mesmo tempo em que eles nos auxiliam no fortalecimento dos laços de amizade, respeito e colaboração entre o Brasil e os Estados Unidos.