Informativo: Assistência do setor privado dos EUA para mitigar os impactos da COVID-19 no Brasil

A COVID-19 mobilizou o mundo todo, e muitas empresas norte-americanas estão engajadas em iniciativas para combater os impactos globais da pandemia. Algumas dessas empresas estão presentes no Brasil e têm feito parcerias com governos e organizações locais para implementar campanhas e fazer doações em dinheiro, serviços e equipamentos. O objetivo é ajudar a melhorar a capacidade do sistema de saúde brasileiro e apoiar a população mais vulnerável a lidar com seus desafios em seguir as regras de distanciamento social, higiene e proteção, bem como a insegurança econômica.  Aqui estão algumas das iniciativas, compiladas pela Embaixada dos EUA em parceria com a Câmara de Comércio Brasil-EUA e a ONG +Unidos:

As informações nesse informativo foram recebidas diretamente das empresas apresentadas ou de fontes públicas.

3M
A empresa doou 1 milhão de máscaras N95 a hospitais, policiais, bombeiros e Cruz Vermelha, além de respiradores para mais de 20 hospitais em comunidades vulneráveis perfazendo um valor de cerca de US$ 186.265,00. Também está doando matéria-prima para outras empresas que estão produzindo álcool gel, oferecendo refeições a caminhoneiros e encaminhado doações de seus funcionários a ONGs. A empresa ainda captou R$ 120 mil com seus funcionários, que ajudarão 1.200 famílias em situação de vulnerabilidade que moram próximas à empresa.
https://www.3m.com.br

Accenture
A empresa está doando um total de R$ 13,7 milhões ao Brasil. Criou seis plataformas digitais gratuitas de bem-estar e doou R$ 1 milhão a uma ONG que capacita refugiados, microempresários e jovens aprendizes. Criou um aplicativo que ajudou a ONG Gerando Falcões a conseguir R$ 8 milhões para beneficiar mais de 130 mil pessoas em 70 comunidades. A empresa também faz parte do Fundo Solidário Empresarial criado pelo governo do estado de São Paulo, que une contribuições privadas em dinheiro, produtos e serviços para auxiliar populações desfavorecidas no estado de São Paulo.
https://www.accenture.com/br-pt

ADM
Anunciou a criação de um fundo global no valor de US$ 1 milhão, incluindo o Brasil.
https://www.adm.com/adm-worldwide/brazil

Advent International
Investirá R$ 25 milhões no Brasil para a compra de cestas básicas e contratação de profissionais médicos para hospitais. Metade do dinheiro virá da sede da empresa, e a outra metade de empresas que a Advent controla no Brasil, como o supermercado Big.
https://www.adventinternational.com/global-reach/brazil/

AES
A companhia gastou R$ 85 mil em 19 mil máscaras descartáveis para a Central de Medicamento do Amazonas (CEMA).
http://www.aesbrasil.com.br/Paginas/aes-brasil.aspx

Alcoa
A Alcoa, o Instituto Alcoa e a Alcoa Foundation doaram um total R$ 3,1 milhões para o combate à COVID-19. A Alcoa doou R$ 1,25 milhão para a compra de respiradores mecânicos e máscaras KN95 para hospitais da rede pública e luvas cirúrgicas, álcool em gel e máscaras para a Polícia Militar do estado do Maranhão, onde também foram doadas cestas básicas a 100 famílias da comunidade de São Joaquim. Em Juruti (PA), foram doados reanimadores e ventiladores pulmonares, camas hospitalares, EPIs e kits de testes ao Hospital Municipal e ao Hospital 9 de Abril. Para Poços de Caldas (MG), foram 40 leitos, monitores para 10 novos leitos de UTI e milhares de EPIs para a Santa Casa e o Hospital de Campanha do município. O Instituto Alcoa doou aproximadamente R$ 612 mil. Em São Luís (MA) foram doados equipamentos e EPIs para o Hospital Universitário (HU-UFMA). A Juruti (PA), foram destinados recursos para a compra de cesta básicas e itens de higiene por meio de uma parceria com o Instituto Juruti Sustentável (IJUS), além da contratação de profissionais e telemedicina para o Hospital 9 de Abril. Em Poços de Caldas (MG), foram doadas milhares de EPIs à Santa Casa e outro montante foi revertido à TV Poços (Rede Minas) para a transmissão de teleaulas para alunos dos ensinos Fundamental e Médio, como parte do programa “Se Ligue na Educação”. Já a Alcoa Foundation doou R$ 1,23 milhão. Em São Luís (MA), foram comprados equipamentos para o Hospital da Mulher, revertido em hospital de campanha. Em Juruti (PA), a doação foi destinada à expansão de leitos no Hospital 9 de Abril. Em Poços de Caldas (MG), o recurso foi direcionado ao Fundo Municipal de Saúde, para a montagem do hospital de campanha da cidade.
https://www.alcoa.com/brasil/pt/default.asp

Amazon
Oferece livros digitais gratuitos para crianças. Numa parceria com a PRODESP, disponibilizou seu sistema de computação na nuvem permitindo que 1 milhão de alunos de escolas públicas no estado de São Paulo tenham aulas virtuais. Também oferece plataformas de salas de aulas para estudantes em quatro estados. Doou R$ 5 milhões para respiradores e equipamentos de proteção individual (EPIs) para as ONGs Communitas e Fundação Alice Figueira de Apoio ao IMIP.
https://www.amazon.com.br/

American School in Rio de Janeiro (EARJ)
Lançou a campanha “Help Rio”, que já angariou R$ 70 mil, beneficiando 300 famílias que vivem em comunidades do Rio de Janeiro com doações de alimentos, kits de higiene e cartões de compra.
https://www.earj.com.br/

Amgen
A Amgen doará um total de US$ 100 mil a comunidades em situação de vulnerabilidade no Brasil. A entidade Visão Mundial receberá R$ 200 mil para a compra e distribuição de kits de limpeza e higiene pessoal. A Gerando Falcões também receberá R$ 200 mil para distribuir cestas básicas digitais por meio de cartões carregados com R$ 100 por mês, durante três meses, para que chefes de família possam comprar alimentos nas comunidades em que vivem. A empresa também tem incentivado seus funcionários a fazerem doações a comunidades vulneráveis dobrando o montante arrecadado por eles. A Amgem também está trabalhando com a Khan Academy, entre outros, para oferecer material educativo online gratuito.
https://www.amgen.com.br/

AT&T
Manteve a contratação de seu empregados com todos os benefícios, e distribuiu máscaras, álcool gel e lenços bactericidas a todos os seus empregados em contato com clientes. Também está oferecendo a seus empregados e familiares 5 mil vacinas contra gripe comum, assistência psicológica e consultas médicas virtuais por meio de telemedicina. Para os empregados que não tiverem condições de trabalhar, presencial ou remotamente, a empresa está pagando até 160 horas de licença remunerada.
https://www.corp.att.com/worldwide/att-you-brazil/

Avery Dennison
A Avery Dennison está doando 200 kits impressos com orientações sobre segurança e cuidados para instituições de saúde da cidade de Campinas e região. Em parceria com as empresas Natura & Co., Ypê e Marfrig, está fornecendo 1,5 milhões de adesivos para os rótulos das embalagens de álcool em gel que serão doados à população. Junto à empresa Polpel, também realiza a produção e doação de papel-toalha a instituições de saúde. Ao todo, foram fornecidas 50 caixas com 300 rolos do produto à Santa Casa de Vinhedo e à Unidade Básica de Saúde do Município.
https://www.averydennison.com/pt/home.html

Baker Hughes
Fez uma parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF) para desenvolver protetores faciais doados a trabalhadores de hospitais nas cidades de Macaé, Niterói e Rio de Janeiro. Além disso, doou 20 mil itens de EPI para três unidades de saúde em Macaé e Niterói. Seu conselho de funcionários voluntários também iniciou uma arrecadação coletiva para a doação de alimentos e produtos de higiene a 120 famílias por meio da ONG One By One.
https://public.bakerhughes.com/careers/pt/o-que-fazemos

BP Bunge
A empresa faz parte do Fundo Solidário Empresarial criado pelo governo do estado de São Paulo, que une contribuições privadas em dinheiro, produtos e serviços para auxiliar populações desfavorecidas no estado de São Paulo.
http://bpbunge.com.br/

Bristol-Myers Squibb
Em parceria com a BMS Foundation, a Bristol-Myers Squibb doou mais de R$ 1 milhão à Fundação Faculdade de Medicina de São Paulo e ao Projeto Refúgio 343, em Boa Vista (RR). Em São Paulo, a doação à Fundação Faculdade de Medicina de São Paulo foi direcionada ao Hospital das Clínicas, que reservou 900 leitos para pacientes da COVID-19. Em Boa Vista, a doação foi destinada ao hospital de campanha montado na cidade pelo exército brasileiro – para a preparação de kits de higiene e suporte na operação logística e administrativa de distribuição de insumos para a população de refugiados da Venezuela assistida pela organização humanitária Refúgio 343, que atenderá 10.953 pessoas.
https://www.bms.com

Bunge
Estabeleceu um fundo global de apoio no valor de US$ 2,5 milhões, que inclui o Brasil, por meio do qual a empresa oferece ajuda financeira e alimentar a comunidades próximas de suas operações.
http://www.bunge.com.br/Default.aspx

Burger King Brasil
Anunciou que doará uma porcentagem de cada sanduíche vendido no mês de março de 2020 ao Sistema Único de Saúde (SUS), num valor estimado de R$ 1 milhão.
http://www.burgerking.com.br/

Cargill
Doou ao Brasil R$ 2 milhões. Criou um fundo de R$ 400 mil que serão utilizados para a compra de alimentos e cestas básicas para 68 instituições de 15 estados brasileiros. Também doou R$ 150 mil ao Banco de Alimentos de São Paulo, a Organização das Voluntárias de Goiás, a Cidade + Recicleiros, e a UNAS. Outros R$ 50 mil serão doados a 5 organizações nos estados de São Paulo, Santa Catarina e Bahia para que mantenham seus programas sociais. Além disso, a companhia também está oferecendo refeições aos caminhoneiros, devido ao fechamento dos restaurantes nas estradas.
https://www.cargill.com.br/

Caterpillar
Doou US$ 8,5 milhões à United Nations Foundation e ao World Health Organization Solidarity Respond Fund, sendo que o Brasil está entre os países que receberão parte desse montante. Também está oferecendo milhões de refeições a pessoas vivendo em comunidades vulneráveis próximas de suas fábricas.
https://www.cat.com/pt_BR.html

Chevron
Doou R$ 1 milhão para a construção de um hospital no bairro da Gávea, no Rio de Janeiro e R$ 32.500 para a compra de 5 mil aventais para o IPPMG/UFRJ e 1.800 kits de higiene pessoal para pais de crianças internadas no Hospital da Gávea. Também contribuiu para o fundo de R$ 45 milhões que construirá outro hospital, no bairro do Leblon, também no Rio de Janeiro.
https://brazil.chevron.com/en

Cisco
Está oferecendo acesso gratuito e aulas virtuais pela plataforma digital Webex aos governos federal, estaduais e municipais brasileiros, e a Cisco Meraki está oferecendo armazenamento na nuvem a hospitais de campanha. Também está ajudando a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (ABRALE) a proporcionar atendimento virtual a pacientes críticos de câncer.
https://www.cisco.com/

Citibank
Está investindo US$ 15 milhões globalmente, sendo US$ 5 milhões para o Fundo Solidário de Resposta à Covid-19 da OMS; US$ 5 milhões ao No Kid Hungry; e US$ 5 milhões adicionais a esforços em locais que estejam sofrendo gravemente com a crise. No Brasil, doará R$ 1 milhão ao Hospital Santa Marcelina, na periferia de São Paulo. Internamente, sua associação de funcionários também criou uma campanha para doar 10 mil cestas básicas a famílias que vivem em comunidades em São Paulo.  A empresa também estendeu aos familiares de seus funcionários cobertura de plano de saúde, vacinas contra a gripe comum, atendimento médico via telemedicina, além de um pagamento adicional aos funcionários com menores salários.
https://corporateportal.brazil.citibank.com/index.htm

Coca-Cola
A empresa se uniu à Bradesco Seguros e ao Grupo Fleury para auxiliar a Secretaria de Saúde do estado de São Paulo e o Instituto Butantan a ampliarem sua capacidade de processamento de testes diagnósticos para a Covid-19 para 26 mil. Também doará 1,3 milhão de garrafas d’água a profissionais de saúde em 50 hospitais. Outras empresas que fazem parte da holding, como Leão, Verde Campo e Grupo Simões, doaram R$ 45 milhões em produtos e dinheiro para comprar kits de higiene, equipamentos de proteção individual (EPIs) para profissionais da saúde, camas de hospital e respiradores para UTIs.
https://www.cocacolabrasil.com.br/

Colgate-Palmolive
Está doando US$ 20 milhões em produtos de higiene e saúde a organizações sem fins lucrativos no mundo todo, sendo 25 milhões de sabonetes para a iniciativa #SafeHands, da OMS. Também está ajudando a promover na mídia o desafio #SafeHands, recrutando influenciadores, e lançando uma campanha de doação voluntária com seus 34 mil funcionários, com US$ 1 milhão disponível para igualar doações de funcionários que beneficiarão entidades como OMS, CARE e Save the Children, entre outras. No Brasil, a empresa está doando R$ 11,5 milhões em produtos de limpeza e higiene a pessoas em situação de vulnerabilidade em 5 estados e também vem trabalhando com organizações como Amigos do Bem, ABIHPEC, Havaianas, Agência Solano Trindade de Cultura (SP), Coletivo Papo Reto (RJ), Bloco Afro Ilê Aiyê (BA), Jovem de Expressão (DF), and Lá da ​Favelinha (MG).
https://www.colgatepalmolive.com.br/

Corteva Agriscience
Doará US$ 1,5 milhão globalmente para projetos de segurança alimentar.  No Brasil, está apoiando a Associação Prato Cheio, organização sem fins lucrativos que oferece refeições a pessoas vulneráveis e comunidades em São Paulo. A empresa também está trabalhando com secretarias de agricultura nos demais estados brasileiros onde atua.
https://www.corteva.com.br/

Cummins
A Cummins está doando US$ 46.873 para a compra de 2.274 cestas básicas, parte delas em projeto conjunto com a Anglo America e a Distribuidora Cummins Minas. A empresa também está dando R$ 2.750 para a compra de material para a confecção de 72 uniformes para 18 funcionários da UBS Clessie Cummins. Também está apoiando a oficina de costura Pano Pra Manga, que confecciona máscaras de proteção; e a construção de pias para instalação em parceiros comunitários. A Cummins também fez uma campanha de arrecadação de dinheiro entre seus funcionários para a compra de alimentos e produtos de higiene para serem doados a comunidades de Guarulhos, e está oferecendo cursos online para moradores da comunidade local.
https://www.cummins.com.br/

DDW Color
Doou 350 galões de álcool gel para a Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUSC), do estado do Amazonas, e para o Hospital Universitário Francisca Mendes (HUFM), além de 500 aventais cirúrgicos para a Superintendência de Estado da Saúde (SUSAM), do estado do Amazonas.
https://ddwcolor.com/

Dow
Anunciou uma doação de R$ 2,5 milhões para programas sociais no Brasil, incluindo R$ 100 mil em vales-refeição para 17 cooperativas de reciclagem na cidade de São Paulo, e R$ 156 mil para seis organizações que oferecem assistência médica a comunidades vulneráveis. A empresa também adaptou a sua linha de produção para produzir 25 toneladas de álcool gel para hospitais públicos em Campinas, Guarujá, Hortolândia, Jacareí e Jundiaí, além de 18 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), 185 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 4 Centros de Atenção Psicossociais (CAPS). Também se uniu à Ortobom para doarem mil colchões hospitalares que serão entregues à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia.
https://br.dow.com/pt-br

Dupont
Está doando 1.500 peças de um material usado para a produção de equipamentos de proteção individual (EPIs) a 5 instituições dos estados de São Paulo, Sergipe e Rio de Janeiro.
https://www.dupont.com.br/

Eastman
Está doando copoliéster, material utilizado em equipamentos de proteção pessoal, para que duas empresas produzam 20 mil unidades de EPIs.
https://www.br.eastman.com/Pages/Home.aspx

ExxonMobil Brasil
Em parceria com a ONG Viva Rio e a Academia de Futebol Pérolas Negras, criou a campanha “SOS Favela” para apoiar a população em situação de vulnerabilidade que vive em comunidades. A empresa também doou R$ 510 mil para a compra de cestas básicas que beneficiarão 10 mil famílias em 52 comunidades no Rio de Janeiro. Como forma de apoiar a economia local, as cestas foram montadas com produtos vendidos por pequenos comerciantes das próprias comunidades.
https://corporate.exxonmobil.com/Locations/Brazil?content-lang=pt

Evoltz
Empresa controlada pela sociedade de capitais de investimento norte-americana Texas Pacific Group (TPG), a Evoltz está presente em dez estados brasileiros. Doou R$ 689 mil em caráter emergencial para ações que beneficiem 1.500 famílias pertencentes a populações indígenas, quilombolas e ribeirinhas do estado do Pará. Esse montante será usado para o fomento e manutenção das atividades agroextrativistas locais, e para a compra de 2.200 cestas básicas com itens de alimentação, higiene pessoal e limpeza destinados à Cooperativa Mista dos Povos Tradicionais da Calha Norte (Coopaflora), por meio do Fundo Rotativo das Cadeias da Sociobiodiversidade da Calha Norte (PA). Esse esforço emergencial é parte de um programa mais amplo da empresa, que investirá R$ 5,9 milhões para a preservação dessas comunidades, numa parceria com o Imaflora, por meio da Origens Brasil®, rede premiada pela ONU (Inovação Internacional), que reúne mais de 1.700 produtores na Amazônia.
https://www.evoltz.com.br/index.html

Facebook
No Brasil, a empresa está trabalhando com a ONG Nova Escola para oferecer a professores de escolas públicas um programa de treinamento de 8 semanas para que continuem dando aulas por meio de ferramentas colaborativas do Facebook, WhatsApp, Instagram, Youtube, Google, Meeting e Zoom. O programa espera beneficiar 2,2 milhões de professores. A empresa também criou o Facebook Grants Program, que destinará US$ 100 milhões para ajudar pequenos negócios no mundo todo, incluindo o Brasil. Numa parceria com o SEBRAE, também está ajudando pequenos negócios a se digitalizarem, além de criar a campanha  “Juntos pelo Pequeno”, que amplifica as ações de terceiros para ajudar esses comerciantes. O FB também está auxiliando o Ministério da Saúde em todos os seus esforços para combater a Covid-19.
http://facebook.com.br

Ford
A empresa tem se empenhado em produzir 50 mil máscaras de acetato em suas fábricas de Camaçari (BA) e Pacheco (Argentina). A companhia  também está consertando respiradores e vai doar carros para a Cruz Vermelha transportar profissionais de saúde na América do Sul.
https://www.ford.com.br/

General Electric (GE)
A GE criou o projeto CT in a Box, no Hospital Lagoa-Barra, no Rio de Janeiro, especializado em pacientes com COVID-19. A GE Healthcare equipou um container com o Revolution ACT, um tomógrafo que produz imagens de alta qualidade e tem a capacidade de se auto descontaminar, por meio de luzes UV em seu interior. A empresa também desenvolveu o Service Center, uma unidade de atendimento especializada e treinada para oferecer serviços e soluções remotamente a clientes, assegurando a prontidão, qualidade e efetividade dos serviços. A GE também disponibilizou ao Hospital das Clínicas, em São Paulo, o Edison Datalogue Connect, uma plataforma colaborativa que utiliza inteligência artificial, na qual médicos de todo o país podem inserir imagens para serem analisadas por outros profissionais.
https://www.ge.com/br/

General Mills
A empresa está doando R$ 9,6 milhões para reforçar as atividades de sua fundação e doações a ONGs que estão trabalhando para atenuar os impactos da crise causada pela COVID-19. Em parceria com a Ação da Cidadania, doará 15.500 cestas básicas a 14 estados beneficiando aproximadamente 70 mil pessoas. Em parceria com o Instituto Melhores Dias, mapeou as famílias em situação de vulnerabilidade com crianças em escolas públicas nos estados de Minas Gerais e Paraná para receberem ajuda alimentar. Até julho, também distribuirá 297 toneladas de produtos a 63 mil caminhoneiros que continuam trabalhando na sua cadeia de distribuição.
https://www.generalmills.com.br/

General Motors (GM)
A empresa está doando R$ 11 milhões para ações de combate ao COVID-19 no país. Adaptou sua linha de montagem para produzir máscaras e doou mais de 150 mil unidades a sindicatos, fornecedores e famílias em situação de vulnerabilidade. Também distribuiu cestas de alimentos e produtos de higiene e limpeza nas comunidades onde a empresa atua. Está liderando a força-tarefa +Manutenção de Respiradores, que visa a consertar 3 mil respiradores quebrados de hospitais, em conjunto com o Ministério da Economia, o SENAI e a Associação Brasileira de Engenharia Clínica (ABEClin). Para isso, a GM tem oferecido seu conhecimento, instalações e funcionários de suas cinco fábricas no Brasil para cumprir o objetivo de consertar todos os respiradores quebrados do país.
https://www.chevrolet.com.br/

Google
A empresa fez uma série de doações, em dinheiro e serviços, no mundo todo: US$ 200 milhões para um fundo global para pequenos negócios; US$ 340 milhões em créditos de Google Ads também para pequenos negócios; US$ 50 milhões para a resposta global à Covid-19; e US$ 5 milhões para o Fundo Solidário de Resposta da OMS. Também forneceu US$ 6,5 milhões para o financiamento de projetos colaborativos em verificação de notícias, incluindo o projeto brasileiro Comprova, a fim de combater a disseminação de informações falsas sobre a Covid-19 no país. Somente no Brasil, o Google.org destinou cerca de R$ 12 milhões a entidades que lidam com projetos nas áreas de educação e direitos de minorias, como o Potência Feminina, programa de apoio a negócios liderados por mulheres; o projeto TRANSformAção, realizado pela Transempregos em parceria com a Associação Mães pela Diversidade; o Conexão Educativa, iniciativa liderada pela Nova Escola, que dá acesso gratuito a 6 mil planos de aulas; e a ação na defesa de direitos humanos SaferNet, contra a violência doméstica. Além disso, o Google também tem publicado dicas de saúde no site Google.com.br para seus usuários, e lançou o site [g.co/EmCasa] que oferece dicas de saúde, negócios, trabalho e estilo de vida durante a quarentena. Também tem ajudado o Ministério da Saúde a divulgar informações relevantes por meio de seus Covid-19 SOS Alerts, e tem bloqueado em suas plataformas anúncios que exploram a pandemia de forma negativa.
https://about.google/intl/pt-BR/

Hershey’s
Doou o equivalente a R$ 1 milhão em produtos: 15 toneladas de chocolate ao Fundo de Solidariedade do estado de São Paulo para serem doados a 35 hospitais e programas sociais. Na cidade de São Roque (SP), onde sua fábrica está localizada, a empresa também está doando cestas básicas a mais de 700 famílias. A Hershey’s também está homenageando os profissionais que têm sido cruciais na luta contra a Covid-19 com impressões de médicos, enfermeiras, porteiros e motoboys em suas barras de chocolate.
https://www.thehersheycompany.com/pt_br/home.html

IBM
A empresa recrutou 1 mil voluntários para capacitar professores de escolas públicas e privadas a usarem as ferramentas colaborativas de videoconferência da Cisco.
https://www.ibm.com/br-pt

Instituto Mary Kay
Por meio de seu instituto, a Mary Kay está trabalhando com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para produzir e doar a hospitais públicos 5 mil testes diagnósticos de Covid-19. E, numa parceria com a Associação Fala Mulher, está produzindo kits de higiene com máscaras, luvas e álcool gel.
http://www.institutomarykay.org.br/

Intel
Em parceria com o Movimento Brasil Competitivo (MBC) e o Instituto Butantan, a Intel está usando a Inteligência Artificial para mapear o surto de Covid-19, projetando a demanda para o fornecimento de máscaras, respiradores e equipamentos de proteção pessoal. A empresa também está testando um projeto piloto de câmeras sensíveis a temperatura, numa parceria com a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro e o Hospital das Clínicas de São Paulo.
https://www.intel.com.br/content/www/br/pt/homepage.html

International Paper
Doou produtos de limpeza ao Hospital Delphina Aziz: 2 mil lenços de limpeza, 100 garrafas e mais 20 galões de detergente.
http://www.internationalpaper.com/pt

John Deere
A John Deere está contribuindo com R$ 1,3 milhão para ações de combate à COVID-19. A empresa e seus funcionários angariaram 190 toneladas de alimentos para serem distribuídos a 12 mil famílias em situação de vulnerabilidade. Também doou 6 mil testes rápidos a secretarias municipais de saúde e forneceu tratores e pulverizadores para higienizar estradas em 40 cidades de 12 estados.
https://www.deere.com.br/pt/index.html

Johnson & Johnson
A empresa está investindo R$ 4,2 milhões em iniciativas para atenuar os impactos da COVD-19 no Brasil. Adaptou sua fábrica para produzir 230 mil unidades de produtos, além de doar 1,5 milhão de unidades de sabonetes para populações vulneráveis nos estados de São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro. Também está investido em programas que ajudam profissionais de saúde a receber atendimento psicológico virtual.
https://www.jnjbrasil.com.br/

Kellogg’s America Latina
A empresa anunciou a doação de US$ 1 milhão para ajuda alimentar na América Latina, com a ajuda de parceiros locais, como o projeto brasileiro Mesa Brasil.
https://www.kelloggs.com.br/pt_BR/home.html

KPMG
A companhia está oferecendo guias e cursos online para ajudar pessoas a enfrentarem os desafios da Covid-19 à economia global.
home.kpmg/br/en/home.html

Liberty 
Está doando 500 mil máscaras para profissionais de saúde, idosos e comunidades carentes.  As máscaras são produzidas pela Rede Asta, que promove empreendedorismo feminino e sustentabilidade ambiental, e irá para hospitais públicos de São Paulo, Rio de Janeiro e unidades da Santa Casa.  Além disso, a Liberty se uniu à Volvo para oferecer seguro aos carros de concessionárias da Volvo que serão disponibilizados para serviços da Cruz Vermelha.  A empresa também arrecadou R$125 mil  para comprar 2 mil kits de higiene para três casas de repouso (Velho Amigo, Instituto Pinheiro e Liga Solidária) e 3 mil refeições para a ONG Ação Solidária. A Liberty fará aportes correspondentes ao valor da contribuição de funcionários, R$70 mil, e lançou a iniciativa “Abraço Virtual”, para que funcionários possam trocar cartas com idosos em instituições sociais para contribuir para seu bem-estar emocional.
www.libertyseguros.com.br

Mars
A Mars está doando US$20 milhões globalmente, incluindo R$1 milhão para o Brasil, para equipamentos médicos e suprimentos.  Em São Paulo, a Mars está trabalhando com parceiros como Mesa Brasil e a ONG Communitas para distribuir R$500 mil em suprimentos a instituições de saúde. A empresa também vai direcionar 24 toneladas de alimento de animais de estimação para organizações que cuidam de animais abandonados. A Mars contribuiu ainda para o fundo do Grupo Empresarial Solidário, em São Paulo.
bra.mars.com/

Mastercard
Mastercard lançou a iniciativa “Faça parte: comece o que não tem preço” para doar 2 milhões de refeições a pessoas em situação de vulnerabilidade por meio de ONGs parceiras.
https://newsroom.mastercard.com/latin-america/pt-br/

McDonald’s
As ações contra COVID-19 realizadas pelo McDonald’s no Brasil totalizam R$ 4,6 milhões. Por meio da campanha “McObrigado”, está doando 100 mil refeições a trabalhadores essenciais, como médicos, caminhoneiros e profissionais de reciclagem. Também está doando mais de 47 toneladas de alimentos in natura, como carne, ovos, tomate, alface e batata para instituições que atendem pessoas em situação vulnerável, como Mesa Brasil e Banco de Alimentos. Também está oferecendo cursos online gratuitos a micro e pequenos empresários do setor de alimentação sobre seus protocolos de segurança do alimento, higiene e desenvolvimento sustentável, com mais de 2 mil pessoas inscritas.
www.mcdonalds.com.br/

Medtronic
A empresa doou US$11,2 milhões globalmente para equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde e treinamento e assistência voltada a comunidades locais de forma oferecer apoio de saúde e econômico.  A Medtronic ajudou ainda a criar o aplicativo Ventillator Training Alliance (VTA),  para profissionais de saúde.  A empresa  está encorajando funcionários a prestarem serviços voluntários virtuais a organizações para enfrentar a Covid-19 e  também está dobrando a doação de seus funcionários na proporção de 2 para 1.
www.medtronic.com/br-pt/index.html

Microsoft
A Microsoft doou 200 mil licenças do Microsoft Teams para governos federais e estaduais, incluindo do Brasil. Além disso, a gigante de tecnologia vem apoiando a sociedade civil e empresarial brasileira com a disponibilização de serviços fundamentais para o combate ao Coronavírus. O pacote de ajuda abrange um marketplace que conecta instituições que precisam de EPIs com empresas que produzem ou importam; um aplicativo para medir o avanço da Covid-19 com informações dos leitos e respiradores disponíveis; um chatbot de saúde para conscientização da população; uma solução de inteligência de dados para a Secretaria de Saúde do estado de São Paulo; uma plataforma para gerenciamento de equipes à distância; e uma ferramenta que permite a avaliação da adesão da sociedade à quarentena.
www.microsoft.com/pt-br/

Mondelez International
A empresa doou R$ 5,4 milhões para a distribuição de comida para famílias em situação de vulnerabilidade em 14 estados brasileiros, além de equipamentos de proteção individual para trabalhadores da área da saúde.
br.mondelezinternational.com/brand-family 

Mosaic
Disponibilizou um fundo de R$ 4,5 milhões ao Brasil para a compra de cestas básicas e produtos de limpeza e higiene, como álcool gel, desinfetante e sabonete para famílias carentes.
www.mosaicco.com.br/

Motorola
Está fornecendo equipamento de comunicação para hospitais de campanha em São Paulo e proporcionando soluções em nuvem para apoiar comunicações de rádio de saúde pública.
www.motorola.com.br/

MSD Saúde Animal
A empresa, que pertence ao grupo norte-americano Merck & CO. INC, doou R$ 56 mil para viabilizar a implantação e o funcionamento do Laboratório de Exames do Covid-19 do Norte de Minas, instalado no Hospital Universitário da região. A ação foi uma parceria com a empresa dinamarquesa Novo Nordisk e o Tribunal de Justiça de Minas Gerais.
https://www.msd-saude-animal.com.br/

Netflix
A empresa doou US$ 100 milhões para apoiar trabalhadores do setor audiovisual em todo o mundo, incluindo R$5 milhões para trabalhadores brasileiros.
www.netflix.com/br

Owens-Illinois
A maior produtora de embalagens de vidro do mundo está produzindo caixas de intubação de vidro de acrílico para proteger profissionais da saúde durante intubação e extubação de pacientes em suas fábricas de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife.  As caixas são entregues a hospitais públicos do Sistema Único de Saúde (SUS).  Seus funcionários também estão coletando cestas básicas em suas unidades e arrecadando dinheiro para doar a comunidades carentes.
www.o-i.com/

Pepsico
A PepsiCo doará 575 mil unidades de seus produtos  para comunidades carentes no Brasil e 1 mil cestas básicas através da marca eQilibri para mulheres chefes de família e ONGs que apoiam crianças, vítimas de violência doméstica e mulheres indígenas, como Mulher Brasileira, Casa Santa Maria, Linha 9, Mulheres da Aldeia do Jaraguá e Interferência.  A empresa também planeja contratar 500 funcionários no Brasil. E está oferecendo adiantamento de salário, equipamento de proteção individual e salário garantido para funcionários afetados pelo coronavírus.  A Pepsico oferece ainda medicamento de graça, aconselhamento financeiro, legal e psicológico.
www.pepsico.com.br/

Pfizer
A farmacêutica americana está dando suporte financeiro para a ONG Expedicionários da Saúde para proporcionar assistência semi-intensiva em Campinas (SP).   A companhia também instituiu medidas de proteção para funcionários na linha de frente 24 horas por dia para fazer medicamentos e vacinas.  A empresa tem trabalhado ainda em soluções terapêuticas para a Covid-19.
www.pfizer.com.br/

Phillip Morris
A empresa doou um total de R$ 2 milhões no Brasil, sendo R$ 500 mil e 1.200 litros de álcool gel para o Departamento de Saúde da cidade de Santa Cruz do Sul (RS). Também adaptou sua fábrica para produzir o álcool gel e emprestou um equipamento para extração e processamento de material genético do vírus (RNA) para a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) para agilizar testes genéticos para diagnosticar rapidamente a doença. Além disso, a companhia doou 30 mil máscaras cirúrgicas para instituições de saúde do governo do Rio Grande do Sul e emprestou 10 veículos de distribuição com motoristas e equipes de apoio para a cidade de São Paulo para a entrega de 100 toneladas de cestas básicas.
www.pmi.com/markets/brazil/pt/about-us/overview

Procter & Gamble (P&G)
A P&G Brasil investiu quase R$ 27 milhões em produtos doados para comunidades carentes e hospitais em cinco estados brasileiros e em 78 toneladas de cestas básicas doadas para organizações que trabalham com as comunidades de Paraisópolis e Capão Redondo, em São Paulo, e na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro.  A companhia também doou R$200 mil para o time liderado por Ester Sabino, uma das primeiras cientistas a sequenciar o genoma do coronavírus, e comprou um pulmão artificial no valor de R$315 mil para o projeto Inspire, da Escola Politécnica, da Universidade de São Paulo, que desenvolve ventiladores pulmonares de baixo custo.
br.pg.com/

PWC
A empresa é parte do Grupo Empresarial Fundo Solidário, criado pelo Estado de São Paulo, e reúne contribuições privadas de dinheiro, produtos e serviços para ajudar populações carentes no Estado.
www.pwc.com.br/

Qualcomm
A empresa doou US$3,2 milhões para as Nações Unidas, a Cruz Vermelha e outras no mundo.  Ela também está encorajando seus funcionários a fazerem doações para instituições de sua escolha ao dobrar as contribuições feitas.  No Brasil, está apoiando o +Unidos e o Ministério de Ciência e Tecnologia oferecendo acesso à tecnologia para 3 milhões de crianças de escola pública.  Também está trabalhando em máquinas que podem processar resultados de testes  na internet em 15 minutos.
www.qualcomm.com/company/locations/brazil

Starbucks
Doou 36 mil itens a hospitais, instituições e centros de saúde pelo Brasil.
www.starbucks.com.br/

Trench Rossi Watanabe
Lançou para seus clientes e seguidores um portal de informações “Covid-19: Combate em Todas as Frentes,” que fornece alertas jurídicos, artigos e notícias relacionados ao Covid-19 produzido por sua equipe de advogados.
https://www.trenchrossi.com/en/

Twitter
A rede social se comprometeu a retirar de sua plataforma conteúdos que apresentem riscos diretos à saúde ou ao bem-estar.  Desde 18 de março, removeu mais de 1.100 mensagens consideradas enganosas ou potencialmente prejudiciais.
twitter.com/explore

Uber
A Uber criou dois fundos, que totalizam R$ 32 milhões para o combate à pandemia. A maior parte do dinheiro vai para os mais de um milhão de motoristas e entregadores do aplicativo em todo o país. Quem precisa parar de trabalhar por recomendação médica, recebe uma ajuda financeira. A empresa investiu, ainda, R$ 4 milhões em entregas grátis de pedidos de restaurantes pequenos e médios. E também está bancando as viagens de ida e volta de mais de 4,5 mil doadores de sangue.
www.uber.com/br/pt-br/

UnitedHealth Group
O UnitedHealth Group Brasil, controlador da Amil e do grupo médico-hospitalar Americas Serviços Médicos, doou R$ 38 milhões para 11 projetos de assistência urgente a grupos vulneráveis no Brasil. Ao governo do estado do Rio de Janeiro serão doados R$ 11 milhões em equipamentos de proteção individual – 2,7 milhões de máscaras já chegaram e outras 2,3 milhões serão entregues nas próximas semanas. Outros R$ 5 milhões foram destinados à reabertura de 110 leitos no hospital São Francisco na Providência de Deus (HSF), no bairro da Tijuca, em parceria com outras redes hospitalares. No estado de São Paulo, por meio de comodato, 130 leitos do hospital Vitória, em Santos, e 20 leitos do hospital Saint Vivant, em Sumaré, serão disponibilizados às prefeituras dessas cidades para atendimento de pacientes com COVID-19. O mesmo tipo de acordo foi feito com a prefeitura de Curitiba para que 140 leitos do hospital Vitória, localizado na Cidade Industrial, sejam usados pelo sistema público. A empresa também apoiará duas entidades, a SOS 3D e a Redes Asta e Atados, para a produção, respectivamente, de 10 mil protetores faciais de PETg e 400 mil máscaras de SMS, que serão doadas para o sistema público de saúde. Outros R$ 5 milhões serão aportados para a fundação de apoio ao Instituto Butantan, que coordena a Plataforma de Laboratórios para o Diagnóstico do Coronavírus de São Paulo, para financiar a compra de kits de diagnóstico de COVID-19, enquanto R$ 7,5 milhões serão direcionados ao fundo emergencial da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio do programa Unidos Contra a COVID-19 (Unidos.fiocruz.br). Deste montante, R$ 6 milhões serão destinados à produção e fornecimento de testes de diagnóstico, que serão enviados ao sistema público de saúde.
www.unitedhealthgroup.com/

United Way Brasil
A United Way Brasil está doando R$ 1 milhão para minimizar os efeitos da crise causada pela COVID-19 no Brasil. A empresa está apoiando o movimento UniãoBR, uma iniciativa voluntária de pessoas e organizações da sociedade civil, sem vínculos partidários ou religiosos, cujas ações têm beneficiado comunidades vulneráveis das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.
www.unitedwaybrasil.com.br

Verizon
A empresa está adicionando 15GB para pequenas empresas sem custo extra e também promete isentar pequenos negócios de pagar a taxa de atraso de 60 dias.
www.verizonwireless.com/

Visteon
Doou 2 mil máscaras do tipo face shields para o Hospital Delphina Aziz, por meio de uma parceria entre a Visteon Corp, a Masa da Amazonia Ltda. e a Colortech da Amazonia Ltda.
www.visteon.com/

Whirlpool
As doações da Whirlpool no Brasil para o combate à COVID-19 superam os R$ 2,3 milhões. A empresa doou mais de 200 mil máscaras (de tecido, cirúrgicas e face shields) para o Estado do Amazonas, além de 590 produtos para secretarias e instituições de saúde, incluindo hospitais de campanha de São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina. Está doando, ainda, 2 mil cestas básicas para famílias cadastradas nos programas sociais de Joinville. Junto com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Whirlpool participa do desenvolvimento de um protótipo de ventilador pulmonar mecânico para ser reproduzido em massa, de forma simples, rápida e barata. A companhia também está engajada com empresas fabricantes de ventiladores mecânicos para auxiliá-las no aumento da sua escala de produção e gestão da cadeia de suprimentos. Em parceria com a FIESC e o SENAI, a Whirlpool também vem trabalhando no conserto e na manutenção de respiradores hospitalares para o estado de Santa Catarina.
www.whirlpool.com.br/