Sargento americano recebe medalha “Coração Púrpura” no Consulado de São Paulo

O Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo teve a honra de organizar pela primeira vez em sua história cerimônia para entregar a medalha Coração Púrpura a um fuzileiro naval dos Estados Unidos. A Coração Púrpura é uma das condecorações mais reconhecidas e respeitadas dos Estados Unidos, entregues a membros das Forças Armadas do país.  Ela é também a mais antiga das condecorações militares americanas, tendo sido criada originalmente como “Brasão do Mérito Militar”, pelo General George Washington, em 1782, e relançada em 1932, no 200º aniversário de nascimento de Washington.

Na semana passada, o Cônsul-Geral Dennis Hankins condecorou o Sargento Robert Hatch em uma cerimônia que contou com a participação dos funcionários do consulado, dos pais do sargento e de um grupo de veteranos americanos que mora em São Paulo.

“Esta é uma medalha que já foi dada a 1,7 milhão de pilotos, fuzileiros navais e soldados e reconhece aqueles que se feriram ou morreram em combate.  Para nós do Consulado é uma grande honra ter entre nós alguém que tenha merecido tal distinção”, afirmou o Hankins em seu discurso.

Sargento Robert Hatch
Sargento Robert Hatch

O Sargento Hatch serviu no Afeganistão, onde se feriu em 2014.  Os pais dele puderam assistir à cerimônia via Skype e congratularam o filho.  “Eu tenho certeza de que todos se sacrificam pelo seu país de alguma forma. Mas você, Robert, foi um pouco além.  Você lutou pelo seu país, você se feriu por ele. Isso é um pouco mais de sacrifício do que se vê nos dias de hoje. Eu quero apenas te dar os parabéns e agradecer a todos por terem vindo à cerimônia”, disse o pai do sargento.

O Presidente da Sociedade Americana de São Paulo veterano de guerra, Richard Wegman, também esteve presente à cerimônia e reforçou que o significado da Coração Púrpura é de que o homenageado “deu o seu melhor, se arriscou e se sacrificou.”  Wegman concedeu ao Sargento Hatch filiação vitalícia à Sociedade Americana de São Paulo.