Vistos

Informação urgente para os solicitantes de visto referente ao coronavírus:

A Embaixada dos Estados Unidos e os Consulados no Brasil cancelaram as entrevistas rotineiras de visto de imigrante e não imigrante. Retomaremos os serviços de visto o mais rápido possível, mas não podemos fornecer uma data específica até o momento. Para informações sobre os serviços de vistos em nossas Embaixadas e Consulados em todos os países, por favor visite usembassy.gov.

A taxa MRV é válida por um período de um ano a partir da data de seu pagamento e poderá ser usada para um pedido de visto no país em que foi adquirida durante esse período. Se você tiver um assunto urgente e precisar viajar imediatamente, siga as orientações fornecidas em https://ais.usvisa-info.com/pt-br/niv, ou entre em contato pelo e-mail: brazil_contactus+br+info+en@visaops.net ou por telefone (https://ais.usvisa-info.com/pt-br/niv/information/contact_us) para solicitar um agendamento de emergência.

Informações sobre as restrições de viagem

A entrada de cidadãos estrangeiros que estiveram presentes fisicamente dentre a lista dos países listados abaixo nos últimos 14 dias anteriores à sua entrada, ou tentativa de entrada, nos Estados Unidos está suspensa de acordo com as Proclamações Presidenciais 9984, 9992, 9993, 9996 e a subsequente proclamação feita no dia 24 de maio de 2020:

  • Brasil (a partir de 26 de maio, às 23:59 EDT)
  • Reino Unido da Grã-Bretanha, Irlanda do Norte, excluindo países fora do território Europeu;
  • República da Irlanda;
  • Os 26 países que compõe a área de Schengen (Áustria, Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia e Suíça);
  • República Islâmica do Irã;
  • República Popular da China, sem incluir as Regiões Administrativas Especiais de Hong Kong e Macau.

Existem algumas exceções à suspensão da entrada, incluindo exceções para residentes permanentes legais nos EUA e certos membros da família de cidadãos americanos e residentes permanentes legais, entre outras exceções listadas nas proclamações. Para uma lista completa das exceções à suspensão, acesse o informativo sobre a Proclamação. Se você reside, viajou recentemente para, ou pretende transitar ou viajar pela lista de países acima, antes da sua viagem planejada para os Estados Unidos, recomendamos que você adie seu agendamento de visto em até 14 dias após a sua partida do(s) país(es) em questão.

Informações sobre a proteção do mercado de trabalho nos EUA

Em 22 de abril de 2020, o presidente Trump assinou uma proclamação suspendendo a entrada nos Estados Unidos de certos imigrantes que apresentam risco ao mercado de trabalho dos EUA durante a recuperação econômica após o surto de COVID-19. A proclamação entrou em vigor às 23:59 (horário de Washington) do dia 23 de abril de 2020. De acordo com a proclamação subsequente assinada em 22 de junho de 2020, a suspensão de 22 de abril de 2020 foi estendida até 31 de dezembro de 2020. Os cidadãos dos EUA, residentes permanentes legais e aqueles portadores de um visto válido de imigrante na data efetiva da proclamação não estão sujeitos a esta proclamação. Vistos válidos não serão revogados por conta desta proclamação. As rotinas de serviços de visto foram suspensas na Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, mas, à medida em que os recursos permitam, as embaixadas e consulados continuarão a emitir vistos emergenciais e serviços críticos para solicitantes que não estejam sujeitos a esta proclamação presidencial. Acesse o texto completo das proclamações presidenciais, que está disponível no site da Casa Branca: Proclamação emitidas em 23 de abril de 2020 e Proclamação emitida em 22 de junho de 2020. Além disso, se você se qualifica para um agendamento emergencial, encorajamos fortemente que adie seu agendamento por ao menos 14 dias, caso esteja apresentando sintomas de gripe ou acredite que tenha se exposto ao novo coronavírus.

Bem-Vindo

O propósito da sua viagem e outros fatos determinarão que tipo de visto é exigido pela lei de imigração dos EUA. Como solicitante de visto, cabe a você verificar se preenche todos os requisitos necessários para a categoria de visto que deseja solicitar.

Veja a Lista de Tipos de Visto para determinar qual categoria é a mais apropriada para o propósito de sua viagem aos Estados Unidos.

Vistos de Não Imigrante

Viagem aos Estados Unidos em caráter temporário, incluindo turismo, trabalho temporário, estudo e interâmbio.

Vistos de Imigrante

Para estrangeiros querendo residir permanentemente nos Estados Unidos.

Um cidadão de outro país que queira entrar nos Estados Unidos geralmente precisa primeiro obter um visto dos EUA, que é colocado em seu passaporte, um documento de viagem emitido pelo país de cidadania do viajante.

Alguns viajantes internacionais podem ser elegíveis a viajar aos Estados Unidos sem visto, caso preencham os requisitos de isenção de vistos para sua viagem. A Seção de Vistos desse site é dedicada a informações sobre vistos dos EUA para cidadãos estrangeiros visitando os Estados Unidos.

Nota: Os cidadãos dos EUA não precisam de visto para entrar nos EUA, mas, quando estiverem planejando uma viagem ao exterior, podem precisar de um visto emitido pela embaixada do país que pretendem visitar.

O Departamento de Estado administra o processo de visto de maneira rigorosa porém justa no intuito de melhor proteger os Estados Unidos. Estamos comprometidos com a franqueza essencial pela qual os Estados Unidos sempre foram reconhecidos. As viagens para os Estados Unidos são bem-vindas e encorajadas.

Nós prometemos a você, solicitante de visto, que:

  • Vamos tratá-lo com dignidade e respeito, mesmo que não possamos dar-lhe um visto;
  • Vamos tratá-lo como um indivíduo e seu caso como único;
  • Vamos nos lembrar que, para você, a entrevista de visto pode ser uma experiência nova ou intimidadora e que você pode estar tenso;
  • Usaremos o tempo limitado disponível para a entrevista para obter uma impressão, a mais detalhada possível, de seus planos de viagem e intenções;
  • Usaremos os recursos à nossa disposição para ajudar de forma justa todos os solicitantes a obter entrevistas que os permitam viajar em tempo hábil para negócios, estudo e outros compromissos importantes;
  • Nós postaremos informações detalhadas e precisas sobre as exigências para vistos e procedimentos de solicitação de vistos em todos os sites da Embaixada e dos Consulados;
  • Vamos prover informações sobre o tempo de espera para todos os Consulados e a Embaixada no site https://ais.usvisa-info.com/pt-br/niv; e
  • Vamos explicar a razão para a não-concessão de qualquer visto para você.

Além disso, se você for um:

  • Estudante, envidaremos todos os esforços para assegurar que você marque uma entrevista e, se qualificado, obtenha um visto a tempo do início das aulas.
  • Viajante em emergência médica ou humanitária, nós aceleraremos o processo para aqueles lidando com emergências envolvendo risco de morte.
  • Viajante de negócios, vamos estabelecer mecanismos apropriados para facilitar a viagem a negócios ou serviço e acelerar casos que envolvam especificamente negócios dos EUA.

Ao mesmo tempo, esperamos que você, solicitante de visto:

  • Planeje sua viagem e solicitação de visto o mais cedo possível;
  • Preencha sua solicitação completa e corretamente;
  • Seja aberto sobre seus propósitos e planos; e
  • Prepare-se para a entrevista para ser capaz de descrever clara e concisamente suas intenções.

Aviso: Por razões de segurança, solicitantes de visto e cidadãos americanos não são autorizados a entrar na Embaixada ou nos Consulados com telefones celulares e outros aparelhos eletrônicos (incluindo, entre outros, smartwatches, dispositivos de monitoramento de atividades, como fitbits, tablets, laptops, e outros dispositivos de gravação). Bolsas (com exceção de uma bolsa pequena ou equivalente), também não são permitidas. Todos os visitantes e itens estão sujeitos a uma vistoria completa.  A Embaixada e os Consulados não possuem local para armazenar tais itens. Recomendamos veementemente que nossos clientes não tragam tais itens quando comparecerem à Embaixada ou aos Consulados. Caso tenha necessidade de trazer esses equipamentos eletrônicos, informamos que há companhias privadas que oferecem local para armazenar tais equipamentos. Observe que esse serviço é pago. Por favor, observe também que essas companhias não são sancionadas ou afiliadas com o governo dos Estados Unidos, que não se responsabiliza por qualquer objeto deixado com tais companhias.