Outros serviços

O exame de DNA analisa o material genético presente nas células humanas. Sua precisão para investigar os vínculos familiares — pais/filhos, irmão/irmã, etc. — é considerada superior a 99%. O exame de DNA, às vezes, é sugerido como meio de confirmar o vínculo biológico entre peticionários e beneficiários. Por ocasião da entrevista ou durante um processo de avaliação subsequente, o funcionário consular pode sugerir o exame de DNA. O exame é indicado apenas quando não existem outras opções. O exame é totalmente voluntário, e todos os custos e despesas incorridos são de responsabilidade do solicitante de visto e/ou sua família. Embora não possamos exigir que você faça o exame, talvez não seja possível dar continuidade ao processamento de sua solicitação sem ele. Para obter mais informações sobre exames de investigação de paternidade por DNA, verifique os Procedimentos de Teste de Relações de DNA (em inglês).

Caso decida realizar o exame de DNA, o peticionário (para solicitações de visto de imigrante) deve agendar o procedimento em qualquer um dos laboratórios credenciados pela Associação Americana de Bancos de Sangue (AABB) (em inglês).

Se decidir submeter-se ao exame, lembre-se de que não podemos garantir que o resultado seja favorável, o que nos permitiria emitir um visto ou documento de cidadania.

O laboratório que você escolher deverá enviar o kit do exame para o Consulado dos Estados Unidos encarregado do seu processo. Veja abaixo a lista de endereços. Você deve incluir o nome e a localização do escritório que está solicitando o exame:

Consulado Geral dos EUA no Rio de Janeiro
Setor de Vistos para Imigrantes (IV)
Av. Presidente Wilson, 147
Rio de Janeiro RJ 20030-020
IV: immigrationrio@state.gov
ACS: ACSRio@state.gov

Consulado Geral dos EUA em São Paulo
Setor de Serviços a Cidadãos Americanos (ACS).
Rua Henri Dunant, 500
São Paulo SP 01411-001
SaoPauloACS@state.gov

O Consulado dos Estados Unidos receberá o kit do exame e entrará em contato com o(s) participante(s) por telefone ou e-mail a fim de agendar uma data para a realização do exame de DNA. O agendamento só poderá ser feito depois que o Consulado receber o kit do exame. Favor contatar um dos médicos da lista abaixo para agendar a coleta da amostra do(s) participante(s), que deverá ser feita na presença de um funcionário consular. A taxa referente à coleta da amostra para o exame de DNA deverá ser paga diretamente ao médico. Verifique a lista de médicos credenciados.

Observações complementares:

  • Após a coleta das amostras, o funcionário consular as acondicionará adequadamente de forma a garantir sua segurança e proteção, enviando-as ao laboratório por meio de serviços de entrega rápida. Um dos aspectos mais importantes do processo do exame é a segurança das amostras coletadas. Todas as etapas da cadeia de custódia devem ser documentadas, desde a coleta das amostras pelo médico até a chegada do kit ao laboratório.
  • Em hipótese alguma, os peticionários podem usar fornecedores externos para selecionar o laboratório, receber diretamente os kits de exame ou transportar as amostras em desacordo com os controles da cadeia de custódia. As amostras de DNA do peticionário devem ser coletadas em um local, laboratório ou clínica AABB designados, nos Estados Unidos.
  • Se o pai ou o filho residir nos Estados Unidos, o peticionário deve coordenar com o laboratório para que a amostra seja colhida nos EUA e seguir o procedimento normal para que a outra amostra seja colhida no Brasil, conforme descrito acima.
  • Você deve instruir o laboratório para que envie ao Consulado uma notificação original dos resultados, inclusive com a cadeia de custódia. Assim que o Consulado tenha recebido a cópia original com o resultado do exame, daremos continuidade ao processamento da sua solicitação.

Os solicitantes devem chegar ao Consulado no horário agendado e observar as seguintes recomendações:

  • A pessoa a ser submetida ao exame deve levar seu passaporte válido ou um documento brasileiro de identidade recém-emitido e uma cópia do seu documento de identidade.
  • Deve levar também uma foto colorida contra fundo branco e que mostre o rosto inteiro do solicitante. A foto deve ser recente e no tamanho 5x7cm.
  • Os tutores legais de crianças menores de idade também devem levar seu documento de identidade brasileiro original, uma cópia do seu documento de identidade brasileiro e uma foto colorida contra fundo branco que mostre o rosto inteiro. A foto deve ser recente e no tamanho 5x7cm.

O Setor de Vistos de Imigrante no Rio de Janeiro está apto a coletar impressões digitais em papel em nome do Departamento de Segurança Interna (DHS)/ Serviço de Imigração e Naturalização dos Estados Unidos (USCIS) para casos de adoção, vistos de imigrantes ou processos de naturalização. Se desejar agendar sua entrevista no Consulado dos EUA no Rio de Janeiro, por favor envie um e-mail para immigrationrio@state.gov. Os solicitantes também podem agendar um horário para requererem esse serviço na  Embaixada dos EUA em Brasília ou em um dos demais consulados dos EUA no Brasil. Para verificar os procedimentos de impressões digitais na Embaixada em Brasília ou nos Consulados dos EUA em São Paulo e Recife, por favor consulte a página de informações de contato de seus respectivos setores de serviços a cidadãos americanos (American Citizen Services- ACS). No dia do agendamento, é preciso trazer os dois cartões de impressão digital (FD-258) fornecidos pelo USCIS.

Impressões digitais solicitadas por motivos que não estejam relacionados a adoções, vistos de imigrantes ou de processos de naturalização devem ser enviadas para o setor apropriado. Para pedidos relacionados a vistos de não-imigrantes (turismo, estudo, negócios, etc.), por exemplo, consulte as informações para contato com o setor de vistos temporários da Embaixada  ou de um dos Consulados Americanos no Brasil.