Perguntas Frequentes sobre Processamento de Vistos durante a Pandemia do COVID-19

A embaixada e Consulados dos EUA no Brasil compilaram essas perguntas frequentes sobre serviços de vistos e viagem para os Estados Unidos durante a pandemia do COVID-19. Esperamos que estas informações respondam às suas perguntas

A partir de 6 de dezembro, todos os viajantes para os Estados Unidos devem fornecer prova de um teste viral COVID-19 negativo feito um dia antes do embarque em um voo, independentemente do status de vacinação ou cidadania.

Se você não for um cidadão americano ou um imigrante americano, também deverá apresentar um comprovante de vacinação completa antes de embarcar no voo. Crianças menores de dois anos permanecem isentas dos requisitos de teste COVID-19. Este novo sistema global substitui as restrições de país que exigiam uma exceção de interesse nacional para viagens, implementando uma abordagem consistente em todo o mundo.

A partir de 8 de novembro, a Embaixada e os Consulados Gerais retomarão o processamento de solicitações visto de todas as categorias. Por favor, acesse o Serviço de Agendamento de Vistos para agendar sua entrevista. Devido aos protocolos de saúde e segurança, os agendamentos podem ser limitados. No entanto, estamos adicionando regularmente novas vagas para agendamentos. Não deixe de verificar com freqüência. Continue a monitorar este site e https://ais.usvisa-info.com/en-br/niv para atualizações.

A Missão Diplomática dos EUA no Brasil entende que muitos solicitantes de visto pagaram a taxa de solicitação de visto e ainda estão aguardando para agendar uma entrevista de visto. Nós não podemos reembolsar seu pagamento. Entretanto, a validade de seu pagamento foi estendida até 30 de setembro de 2023, para permitir que todos os solicitantes que não puderam agendar uma entrevista de visto devido à suspensão das operações consulares de rotina tenham a oportunidade de agendar e/ou comparecer a uma entrevista de visto com a taxa já paga.

Todos os viajantes entrando nos Estados Unidos que não são cidadãos dos EUA, residentes permanentes legais ou imigrantes dos EUA e têm 18 anos ou mais devem apresentar comprovante de vacinação completa contra COVID-19. A partir de 6 de dezembro, todos os passageiros de companhias aéreas para os Estados Unidos com dois anos ou mais, independentemente da condição de cidadania, devem apresentar um teste viral COVID-19 negativo dentro de um dia de viagem.

Exceções limitadas se aplicam a viajantes estrangeiros não vacinados. Para obter mais detalhes sobre como comprovar o status de vacinação, visite o site dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças no site de Perguntas Frequentes sobre Vacinações e Testes para Viagens Internacionais COVID-19. (https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/travelers/international-travel/index.html and https://travel.state.gov/content/travel/en/international-travel/emergencies/covid-19-faqs-for-travel-to-the-us-information.html)

Serão aceitas vacinas totalmente aprovadas e para uso emergencial pela Food and Drug Administration ou pela Organização Mundial da Saúde. Isto inclui todas as vacinas atualmente aprovadas para uso no Brasil (a partir de 26 de outubro de 2021). A dose final deve ter sido administrada duas semanas antes do início da viagem.

As companhias aéreas verificarão o status da vacinação através de um comprovante em papel, uma foto do comprovante em papel, ou um aplicativo digital. Favor contatar sua companhia aérea antes de ir para o aeroporto com qualquer dúvida sobre a verificação de seu status de vacinação.
As companhias aéreas precisarão:

  • Verificar o nome e a data de nascimento para confirmar que o passageiro é a mesma pessoa refletida na prova de vacinação;
  • Determinar que o comprovante foi emitido por uma fonte oficial (por exemplo, agência de saúde pública, agência governamental) no país onde a vacina foi administrada;
  • Rever as informações essenciais para determinar se o passageiro atende à definição do CDC para a vacinação completa, como vacina administrada, número de doses de vacina recebidas, data(s) de administração, local (por exemplo, clínica de vacinação, instalação de saúde) de vacinação.

Você pode solicitar uma entrevista acelerada. Para solicitar uma entrevista acelerada, primeiro marque uma entrevista regular na data mais próxima disponível. Em seguida, acesse sua conta, clique em “Continuar”, selecione “Request Expedite” e siga as instruções. Os agendamentos acelerados só serão concedidos a critério da Seção Consular. As circunstâncias que podem ser consideradas para agendamentos expeditos incluem:

  • Morte ou funeral de um parente imediato, doença grave ou acidente com risco de vida que ocorra nos Estados Unidos.
  • Tratamento médico urgente para o solicitante ou seu filho menor.
  • Um solicitante de visto de estudante ou de intercâmbio (F/M/J) cujo formulário I-20 ou DS-2019 tenha uma data de início anterior à primeira data de agendamento disponível para a entrevista do visto.
  • Uma necessidade inesperada de viajar para os Estados Unidos para fins de negócios urgentes que está ocorrendo antes da primeira data de agendamento disponível para a entrevista de visto.
  • Uma visita inesperada de significativa importância cultural, política, jornalística, esportiva ou econômica que esteja ocorrendo dentro de 10 dias após a primeira data de agendamento de entrevi
  • Para entrevistas agendadas para 8 de novembro de 2021 e depois, solicitantes que não puderam comparecer a uma entrevista agendada devido a um motivo médico documentado (como um teste COVID-19 positivo).
  • Crianças menores de 2 anos viajando com pais(s) que tenham vistos válidos.
  • Uma necessidade inesperada de viajar para os Estados Unidos para um evento significativo da vida de um parente imediato, como um casamento ou batizado que seja antes da primeira data disponível para a entrevista de visto.
  • Cônjuges (legalmente casados) e filhos menores de 21 anos de idade de cidadãos americanos.

As circunstâncias consideradas para a entrevista acelerada podem variar. Quando você solicitar uma consulta rápida, você verá a lista de circunstâncias aceitáveis no país onde está solicitando um visto.