União Estável

 A Lei de Vistos dos EUA não reconhece uniões estáveis, portanto, um parceiro ou noivo não é elegível a solicitar um visto por derivação. Em tais casos, o parceiro deve se qualificar para um visto por seu próprio direito. Parceiros que residem com o portador principal do visto e cuja principal razão para viajar para os Estados Unidos é acompanhar aquela pessoa, podem solicitar um visto B-2. Parceiros que pretendam trabalhar ou estudar precisam solicitar o visto de trabalho ou estudante apropriados.

O Serviço de Imigração no porto de entrada determina quanto tempo uma pessoa pode permanecer nos Estados Unidos. O portador de um visto B-2 pode ser admitido por um período inicial de seis meses, que pode ser extendido em incrementos semestrais. Aqueles desejando ficar por mais de seis meses devem solicitar uma extensão de permanência junto ao Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA com jurisdição sobre o local de residência nos Estados Unidos.

Como sua solicitação é baseada em sua relação com seu parceiro, você tem que fornecer evidências do relacionamento, por exemplo, uma cópia de uma hipoteca conjunta, um contrato de locação, conta bancária, etc… Recomendamos que você solicite o visto ao mesmo tempo que seu parceiro; caso contrário, você precisará fornecer uma cópia endossada do visto no passaporte de seu parceiro além dos documentos mencionados acima.