Vistos de Trabalho Temporário, incluindo o visto de estagiário H-3

Bem-vindo!

Se você pretende ir a os Estados Unidos com a intenção de trabalhar temporariamente em um emprego pré-combinado, você necessita de um visto H. Este trabalho precisa de aprovação prévia por parte do Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS), com base em uma petição de trabalho (Form I-129) submetida pelo empregador americano.

O Visto H-1B (ocupação de especialista) é requerido por funcionários que pretendem viajar aos Estados Unidos numa função profissional pré-contratada. Para qualificar-se, o estrangeiro precisa ter no mínimo formação universitária (graduação) em um programa de quatro anos, ou certificação profissional com habilidades diferenciadas. É responsabilidade do USCIS (Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos) determinar se o emprego se trata de uma ocupação de especialista e se o estrangeiro está qualificado para executar tal função. Antes de submeter a petição de trabalho (formulário I129-4) junto ao USCIS, o empregador deve apresentar um pedido de condição de trabalho junto ao Departamento do Trabalho, relativo aos termos e condições contratuais.

O Visto H-2B (trabalhador qualificado e não-qualificado) é requerido por um empregado que irá realizar um trabalho de natureza temporária ou sazonal para o qual há escassez de mão-de-obra entre os cidadãos americanos e residentes legais. Antes de submeter a petição (formulário 129H) junto ao USCIS, o empregador é obrigado a obter junto ao Departamento do Trabalho um certificado confirmando que não há trabalhadores americanos qualificados para as funções nas quais se baseia a petição.

O Visto H-3 (Estagiário) é o visto requerido para o estagiário que viajará aos Estados Unidos para receber treinamento de seu empregador em qualquer área que não seja a de graduação ou treinamento acadêmico. O treinamento não pode ser utilizado para prover emprego produtivo e não pode estar disponível no país de origem do solicitante. O empregador deverá submeter uma petição (formulário I-129), junto ao USCIS (Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos) para obter aprovação para o treinamento.

Nota: Não há garantias quanto à emissão de visto antecipadamente. Portanto, a finalização dos planos de viagem ou compra de bilhetes aéreos não restituíveis não deve ser feita antes da entrega do passaporte com o visto emitido.

Se uma petição para o visto H for aprovada em seu nome, você terá que solicitar o visto antes de viajar. O documento “Notice of Action” (Aviso de Ação) — formulários I-797A ou B — não é válido para viajar sem que esteja acompanhado do visto apropriado.

Cônjuges e/ou filhos com idade inferior a 21 anos que pretendem acompanhar o portador principal do Visto H em sua permanência nos Estados Unidos deverão requerer o visto derivativo H-4. O procedimento para obtenção deste visto será o mesmo; o documento I-797A ou B inclui os dependentes. Os dependentes que não pretendam morar com o portador do visto H mas visitá-lo durante as férias deverão solicitar o visto B-2, ou, se  qualificados, viajar sem vistos dentro do Visa Waiver Program (Programa de Isenção de Vistos).

Mais informações sobre parceiros e união estável.

Não há necessidade para o dependente do portador de visto de trabalho temporário (H-1) solicitar visto de estudante (F-1) caso deseje estudar nos Estados Unidos. Ele pode estudar com o visto H-4. Contudo, se qualificado, poderá solicitar o visto F-1 de estudante. Se você tem filhos em idade escolar, consulte os regulamentos que regem a emissão do visto de estudante (F-1).

O solicitante do visto H4 não poderá desempenhar função remunerada com um visto derivativo. Caso deseje, é necessária a solicitação do visto apropriado para tais funções.